• Inteligência artificial poderá ter impacto maior do que a internet

    26/01/2017

    Segundo o Totvs Labs, laboratório internacional de pesquisa, o impacto da inteligência artificial será tão grande ou maior do que o da internet e o dos dispositivos móveis. O pesquisador norte-americano Ray Kurzweil garante que, em apenas 13 anos, a máquina vai se sobrepor ao homem.
    “Tem sido desenvolvida uma inteligência que se assemelha a como uma criança aprende. No início, tem poucas conexões, mas, aos poucos, vai assimilando o que é passado a ela e fazendo ligações”, explica o diretor executivo da Totvs Labs, Vicente Goetten.
    É aí que entra o conceito de computação cognitiva, tecnologia que entende a linguagem, inclusive gírias, ironias e a emoção na voz, além de identificar imagens, raciocinar e dar respostas próprias. Embora não tenha afeto, ela pode perceber, pelo tom da voz ou pelo contexto, de que maneira a pessoa trata de um tema.
    “A computação cognitiva vai além da assistente de voz da Apple, a Siri, por exemplo, que responde a provocações desde que estejam dentro do banco de dados dela. Conforme vai aprendendo, a tecnologia agora passa a dar respostas mais precisas”, explica Fábio Rua, diretor de Políticas Públicas da IBM.
    Fonte: Alessandra Azevedo, Correio Braziliense

    Voltar