Canoas/RS | São Paulo/SP | Fortaleza/CE | Rio de Janeiro/RJ
contato@gavb.com.br
(51) 3059.8925
ORACLE | AWS | MICROSOFT | SALESFORCE | SAS

Big Data – Contencioso Jurídico

Atualmente, o sistema judiciário brasileiro já atua com grandes volumes de dados não-estruturados. A estrutura jurídica nacional exige longos textos em cada processo, o que sobrecarrega advogados, promotores, procuradores, juízes e desembargadores. O maior desafio que eles enfrentam nos dias de hoje é unificar as soluções, uma vez que cada tribunal possui um sistema próprio, dificultando a ação dos advogados de acessar dados de processos parecidos com a finalidade de encontrar leis e jurisprudências que possam auxiliar. A tecnologia que está disponível hoje para trabalhar com big data será cada vez mais de grande auxílio diante do processo jurídico atual. Com informações unificadas será possível aos advogados melhorar seu material com base nas experiências anteriores de outros advogados e juízes.

Melhorar a eficiência operacional, automatizar procedimentos, reduzir custos e ser mais eficaz nos acordos, criar uma visão integrada e uma base de conhecimento de fácil manipulação para o apoio na estratégia de defesa está ao seu alcance com o Big Data.

“A maior oportunidade do jurídico está em Big Data” afirma Matheus Bombig, co-fundador da AB2L

Benefícios do Contencioso Jurídico:

  • Distribuição de processos pela Linha do Tempo;
  • Robôs para monitoramento de Processos nos Diários oficiais, ANS, Procon, Reclame Aqui, etc;
  • Mapa da distribuição de processos por municípios e estados;
  • Perfil dos Profissionais que processam;
  • Efetividade de Ganho de Causa por Comarca (1ª e 2ª instância);
  • Correlação de Juiz por Causa e por Êxito;
  • Número de Demissões sem processo e com processos;
  • Aderência dos escritórios de advocacia por Comarca/Tipo de Causa;
  • Avaliação de Advogados por Tipo de Causa e por Êxito;
  • Identificar negócios com maior risco de contencioso;
  • Encontrar valor ideal para o acordo com objetivo de reduzir custos ;
  • Medir a propensão de clientes que poderão abrir processo;
  • Entendimento das decisões dos juízes e magistrados;
  • Identificação das principais variáveis para acordo;
  • Levantamento dos históricos e processos similares;
  • Indicador de valor Médio de Condenação por causa;
  • Indicador de valor médio de Condenação por Comarca;
  • Indicador de valor médio de Condenação por Advogado.

 
Para a área jurídica, a oportunidade de aumentar a velocidade, melhorar os processos e prever resultados com maior precisão significa ampliar e permitir aos advogados, juízes e promotores maior acesso às informações e, também, uma análise mais clara sobre o contexto dos processos. O processamento de linguagem natural permite que computadores leiam textos com velocidade superior do que os humanos, resultando em um trabalho mais dinâmico e assertivo.

Tudo isso aliado ao fato de que os processos são manuais suscetíveis a erros e inconformidades, fica claro a necessidade do meio jurídico de se adaptar às novas tecnologias.

A GAVB é especialista em Big Data, confira nossa apresentação para saber mais sobre a utilização da Big Data no Contencioso Jurídico: www.slideshare.net/secret/sbrpNKdSCqBWAm